cachoeira-rio-acima-sao-bartolomeu

São Bartolomeu é um dos vários distritos de Ouro Preto. Situado a apenas 16 Km da sede do município, em estrada asfaltada até bem próximo a área central.

centro-de-sao-bartolomeu

O distrito provavelmente nasceu antes de Ouro Preto, já que por ali passavam os bandeirantes e montavam acampamentos ao longo do Rio das Velhas que passa perto do centro.

Mais tarde, viveu uma época de grande comércio onde os depósitos comerciais e as “vendas” movimentavam a economia do lugar, desenvolvendo as fazendas que passaram a plantar e colher frutas em abundância, graças ao terreno muito fértil.

São Bartolomeu é muito conhecido pelos doces artesanais que seus habitantes fazem com extrema maestria. Na rua principal que rasga o lugar é possível ver as inúmeras lojas que oferecem de quase todo o tipo de fruta. É mamão verde, cidra, laranja entre os cítricos ou leite, coco, goiaba e o famoso doce de goiabada cascão. O nome vem dos pedaços da casca da fruta que ficam misturados ao doce. Independente do paladar do cliente, essas lojinhas vendem aos montes, sejam eles em calda no vidro, em pedaços no pacote ou no quilo, mas pronto para ir a mesa. Diante de tanta oferta fica muito difícil decidir qual gulodice vamos levar.

centro-sao-bartolomeu-igreja-ao-alto

Mas também não faltam lojas de artesanato local ou ainda apreciar os pasteis de carne e batata no “Bar do Nonô”, figura simpática e conhecida de todos na cidade. São deliciosos e encantam a todos pela simplicidade e sabor.

Mas não ache que acabaram as compras. Ovos frescos, queijos artesanais, fubá moído no moinho de pedra e mais uma infinidade de coisas que a gente só encontra nessas cidadezinhas quase escondidas no interior de Minas Gerais. Quanto mais se adentra, mais tesouros se encontra.

igreja-em-sao-bartolomeu

Quase tudo se concentra na rua principal, inclusive as duas principais igrejas. A de Nossa Senhora do Rosário e a de São Bartolomeu. A primeira foi construída no alto do morro e a segunda também no elevado constituído de muro de pedras.

Como chegar?

Seguir pela BR 040 em direção ao Rio de Janeiro, até o trevo da rodovia dos Inconfidentes – BR 356 – em seguida, entrando à direita no sentido Ouro Preto, passará em frente ao condomínio Alphaville. Por essa rodovia segue-se por mais alguns km, passando por Itabirito até o distrito de Cachoeira do Campo. Entrar a esquerda, seguindo pela rua principal (Santo Antônio) até o cruzamento com a Rua Tombadouro, no alto do morro. Ao final da rua, continue na estrada que depois passará a ser de terra por poucos km. Você chegou a São Bartolomeu.

Onde passear?

Mas afinal, não se vem a São Bartolomeu apenas pelos seus doces, as cachoeiras são outro atrativo do lugar. Saindo da área central por um lado podemos ir para a Reserva Uaimií (5 km), onde uma cachoeira belíssima com 45 metros de altura nos espera. A Floresta foi a primeira reserva estadual do Estado (43 km2).

caminho-cachoeira-sao-bartolomeu

Seguimos por uma trilha com as encostas cobertas por Mata Atlântica numa área florestal bastante preservada. De longe já se começa a ouvir o barulho intenso e ainda desconhecido de muitos desta bela cachoeira, sem poço para banho, mas apreciada por quem gosta de tomar aquela verdadeira “ducha de cachoeira”. Há outras cachoeiras na reserva: a cachoeira do açude e do pau. Entretanto não é possível acampar na reserva. Mas aproveite, vai ter assunto para muitos dias falando deste lugar.

cachoeira-rio-acima-sao-bartolomeu

Por uma outra saída podemos chegar a Fazenda Nascer. Esta propriedade particular oferece passeios, caminhadas, área de camping e possibilidade de rapel de cachoeira e esportes aquáticos (canoagem). O local é muito bonito. Do restaurante, encravado numa encosta do terreno é possível avistar boa parte da propriedade que conta com vários lagos, sendo possível realizar trilhas pela mata até algumas cachoeiras da região.

vista-mirante-fazenda-renascer

Existem empresas de turismo que oferecerem guias para o percurso de caminhada entre Ouro Preto e São Bartolomeu, utilizando-se de trilhas por entre as montanhas. São aproximadamente 8 km com belas paisagens, margeando a Estrada Real. Prepare seu tênis e sua mochila de caminhada e pé na estrada.

Onde comer?

Não há muitas opções para alimentação em São Bartolomeu, apenas pequenos restaurantes que servem a tradicional comida mineira sem maiores requintes. A melhor indicação fica para a área central ou, se você quiser, retornar pela estrada até Cachoeira do Campo (14 km), onde a comida do restaurante Chão de Minas, é muito saborosa e deve ser ponto de parada quando estiver por aquela região.

Restaurante Chão de Minas

Onde hospedar?

Para hospedagem não há muitas opções, entretanto a proximidade com Ouro Preto e outros distritos (Lavras Novas, Cachoeira do Campo, Santo Antônio do Leite) aumentam as possibilidades de se permanecer por mais tempo conhecendo a região. Montanhas, cachoeiras, arte sacra, arte barroca, esculturas em pedra sabão, móveis rústicos e delícias da comida mineira são itens diários nesta região consagrada pelo turismo rural e histórico.

pousada-em-sao-bartolomeu

Serviço:

Floresta Estadual do Uaimií – Portaria São Bartolomeu – Diariamente – de 07:00 às 17:00h. Entrada gratuita.

Fazenda Nascer – entorno da Floresta Estadual do Uaimií – Sexta-feira à partir das 17:00h. Entrada gratuita.  A fazenda oferece passeios, canoagem, rapel e camping. Possui um pequeno restaurante que atende nos finais de semana.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>